Pré-melhoramento em feijão: perspectivas e utilização de germoplasma local no programa de melhoramento da UDESC

Diego Stähelin, Altamir Frederico Guidolin, Jefferson Luís Meirelles Coimbra, Mario Alvaro Aloisio Verissimo, Pedro Patric Pinho Morais, Fabiani da Rocha

Resumo


Com o objetivo de identificar e selecionar genótipos locais de feijão com características agronômicas desejáveis para utilização na obtenção de cultivares superiores, realizou-se a caracterização de 110 genótipos pertencentes ao Banco Ativo de Germoplasma do Instituto de Melhoramento e Genética Molecular - IMEGEM/UDESC e representativos do pool gênico presente no Estado de Santa Catarina. O experimento foi conduzido a campo em delineamento de blocos aumentados com quatro genótipos comercias como testemunhas. Os genótipos foram caracterizados morfológica e agronomicamente. Os dados foram submetidos à análise de variância e os genótipos comparados com as testemunhas por meio de contrastes. Evidenciouse grande variabilidade no germoplasma estudado. Os resultados revelaram genótipos promissores (BAF07, BAF09 , BAF14 e BAF25) obtendo médias de produtividade, ciclo, estatura e inserção de legume elevadas. Estes genótipos poderão ser incorporados ao bloco de hibridação do programa de melhoramento de feijão do IMEGEM/UDESC, com perspectivas de avanços futuros no melhoramento.

Palavras-chave


Phaseolus vulgaris L.; Caracterização fenotípica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171