Potencial alelopático de Plectranthus barbatus Andrews na germinação de sementes de Lactuca sativa L. e de Bidens pilosa L.

Natasha Azambuja, Clairomar Emilio Flores Hoffmann, Luiz Augusto Salles das Neves

Resumo


Extratos aquosos de infusão (EBIN) de folhas secas de Plectranthus barbatus Andrews, nas concentrações de 0, 25, 50, 75 e 100%, foram preparados com o objetivo de determinar o potencial alelopático dessa espécie medicinal sobre sementes de Lactuca sativa L. e Bidens pilosa L. O experimento foi conduzido no mês de janeiro de 2009, no Laboratório de Genética Vegetal da Universidade Federal de Santa Maria. Foram avaliados a primeira contagem da germinação (PCG), a germinação (G), o índice de velocidade de germinação (IVG) e o comprimento da parte aérea e das raízes. Todos os parâmetros avaliados foram afetados pelos EBIN de P. barbatus a partir da menor concentração, sendo que as sementes e as plântulas de B. pilosa demonstraram maior sensibilidade aos extratos do que as de L. sativa. Com os resultados obtidos pode-se inferir que EBIN de Plectranthus barbatus possui potencial alelopático.

Palavras-chave


Plectranthus barbatus; Infusão; Germinação; IVG.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171