Prevalência e fatores de risco para infecção por Neospora caninum em ovinos no município de Lages, Santa Catarina, Brasil

Luciana Dalla Rosa, Anderson Barbosa de Moura, Marcelo Felipe Güths, Voldomiro Bellato, Amélia Aparecida Sartor, Antonio Pereira de Souza

Resumo


A neosporose é uma doença causada pelo protozoário Neospora caninum. Os cães, coiotes e dingos são hospedeiros definitivos e, entre os animais de produção, a espécie ovina constituise em um dos hospedeiros intermediários, podendo apresentar principalmente problemas reprodutivos e, consequentemente, perdas econômicas significativas. Com os objetivos de determinar a prevalência da infecção por N. caninum em ovinos no município de Lages, Santa Catarina, identificar possíveis fatores de risco para a infecção nesses animais e correlacionar a prevalência de anticorpos contra N. caninum com os fatores de risco avaliados, foram realizadas coletas de sangue de 360 ovinos, em 13 propriedades rurais. As amostras, devidamente identificadas e acondicionadas, foram encaminhadas ao Laboratório de Parasitologia e Doenças Parasitárias do CAV/UDESC. A detecção de anticorpos da classe IgG foi realizada por meio da Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI). Os soros foram testados inicialmente na diluição 1:50 e aqueles positivos foram reexaminados em diluições seriadas de base dois até a titulação máxima reativa. Dados referentes às variáveis, idade, sexo, raça, categoria animal, sistema de criação, dieta, fonte de água, contato com cães e transtornos reprodutivos foram obtidos por meio da aplicação de questionário aos proprietários. Os dados foram tabulados e analisados estatisticamente por meio dos testes exato de Fisher e de qui-quadrado (p≤0,05). Em 46,15% (6/13) das propriedades havia ao menos um animal positivo. A variação de percentuais de animais positivos entre as propriedades foi de zero a 25,81%. Reações positivas com títulos ≥ 50 foram encontradas em 21 ovinos (5,83%). Os títulos encontrados variaram de 50 a 400, sendo que cinco animais (23,81%) tiveram titulação de 50; cinco (23,81%) com 100; seis (28,57%) com 200 e cinco animais (23,81%) com titulação de 400. Não foi verificada associação entre positividade dos ovinos ao N. caninum e as variáveis analisadas. Os resultados indicam que N. caninum está presente em percentuais importantes nos ovinos do município de Lages, Santa Catarina, Brasil.

Palavras-chave


Neospora caninum; Ovinos; RIFI; Problemas reprodutivos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171