Sondas fluorescentes: um avanço na avaliação da integridade estrutural e funcional de espermatozoides

Ellen Cordeiro Bento da Silva, Maria Madalena Pessoa Guerra

Resumo


A qualidade do sêmen é um fator determinante para se obter bons resultados com a utilização de biotécnicas reprodutivas como a inseminação artificial (IA). Desta forma, torna-se essencial a avaliação dos parâmetros espermáticos que determinem a fertilidade destes gametas. Técnicas de avaliação que melhor predigam a fertilidade in vitro dos espermatozoides têm sido buscadas incessantemente, a fim de garantir melhores resultados após IA. Entretanto, até o momento, nenhuma metodologia de avaliação mostrouse efi ciente para este fim, quando utilizada isoladamente, sendo recomendado o emprego conjunto destas técnicas para a melhor predição da capacidade fertilizante dos espermatozoides. Nos últimos anos uma série de novas estratégias foram desenvolvidas para avaliação de sêmen, dentre as quais se destaca o emprego das sondas fluorescentes. Estas técnicas são utilizadas com limitações em função do desconhecimento de seu emprego. Esta revisão tem como objetivo abordar os avanços na avaliação do sêmen e a predição de sua capacidade fertilizante, com ênfase nas que se baseiam no uso de sondas fluorescentes.

Palavras-chave


Avaliação espermática; Sêmen; ondas fluorescentes.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171