Milho: influência de sua qualidade no setor avícola brasileiro

Gabriela Soares Carvalho Pamplona Corte Real, Humberto Pena Couto, Marize Bastos de Matos, Michelle Sant'Anna Lyra Chiquieri, Julien Chiquieri

Resumo


Este estudo teve como objetivo mostrar as variações na qualidade do milho utilizado na avicultura e como este pode atuar no desempenho das aves. Atualmente a avicultura brasileira é considerada uma atividade altamente tecnificada e competitiva, com elevados índices de produtividade e oferta de produtos de alta qualidade e baixo custo. O milho participa com mais de 60% do total dos grãos utilizados nas rações de frangos de corte e poedeiras comerciais, nas condições brasileiras, apresentando grande variação na sua composição nutricional, sendo esta normalmente negligenciada. Os grãos de má qualidade têm o valor nutritivo prejudicado, por alteração da composição química, diminuição da biodisponibilidade de alguns nutrientes, presença de fatores antinutricionais e proliferação de fungos com ou sem produção de micotoxinas. Como alternativa a melhoria da qualidade nutricional dos alimentos utilizados na alimentação das aves, principalmente do milho, atualmente nas linhas de produção de rações há implantação de novas tecnologias, como a mesa densimétrica ou gravimétrica e a utilização de equações de predição a partir da classificação e densidade dos grãos.

Palavras-chave


Classificação; Frangos de corte; Nutrição; Poedeiras.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171