Desempenho de ovelhas Santa Inês manejadas a pasto e suplementadas com gordura protegida no pós-parto

Marcos Paulo dos Santos, Marcelo Marcondes de Godoy

Resumo


Objetivou-se avaliar o efeito da suplementação com sabões de cálcio de ácidos graxos (SCAG) no desempenho produtivo e reprodutivo de animais mantidos à pasto. O experimento foi realizado no setor de ovinocultura do IF Goiano - Campus Ceres (GO). Após a sincronização de estro e cobertura, 32 ovelhas da raça Santa Inês foram escolhidas aleatoriamente ao número de partos e distribuídas de acordo com o escore de condição corporal (ECC) e ordem de parto em quatro tratamentos: (TEST - sem suplementação concentrada; SUPL - suplemento concentrado sem a inclusão SCAG; GORD5 - suplemento concentrado com a inclusão de 5,0% de SCAG e; GORD10 - suplemento concentrado com a inclusão de 10,0% SCAG). As matrizes foram mantidas em pastagem de capim Tanzânia (Panicum maximum) e a suplementação teve início no primeiro dia pós-parto sendo mantida até os 60 dias pós-parto (DPP). Foram avaliados o peso corporal (PC) e o ECC de todas as ovelhas, a cada 15 dias. Aos 60 dias experimentais avaliou-se a porcentagem de ovelhas que manifestaram estro e o intervalo parto primeiro estro (IPPE) das matrizes. A outra fase do estado constou da avaliação do ganho médio diário (GMD) e do PC dos cordeiros desde o parto até 60 dias de idade. Não houve influência da suplementação com ou sem SCAG (p>0,05) sobre o PC, ECC das ovelhas, e no PC e GMD dos cordeiros. A porcentagem de manifestação de estro não foi influenciada pelas dietas experimentais. A suplementação concentrada sem inclusão de SCAG até os 60 dpp reduz o IPPE, enquanto, a inclusão de SCAG não promove melhoria no desempenho produtivo e reprodutivo de ovelhas Santa Inês manejadas a pasto.

Palavras-chave


ganho médio diário, nutrição, ovinos, Panicum maximum.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/223811711622017136

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171