Complexo multienzimático em dietas de poedeiras comerciais

Ricardo Cruz Vargas, Adriano Geraldo, Tatiana Cristina Rocha, Israel Marques Silva, Samuel Piassi Teles, Filipe Soares Nogueira, Carlos Alberto de Carvalho, Rogerio Amaro Gonçalves

Resumo


Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar os efeitos da suplementação de rações de poedeiras comerciais com um complexo multienzimático (CE), nas formas “on top”, com reduções nos níveis de PB, EM, Ca, P disponível e aminoácidos, com adição em níveis crescentes do complexo enzimático. Foram utilizadas 384 poedeiras semipesadas da linhagem Isa Brown, com idade inicial de 29 semanas, distribuídas em seis tratamentos com oito repetições, sendo oito aves por parcela experimental, utilizando o delineamento inteiramente casualizado (DIC) com parcelas subdividas no tempo (4 períodos de 28 dias cada). Os tratamentos foram: Controle Positivo (CP) 2.750 kcal kg-1 EM, 17,2% PB e 0,41% P disponível; Controle Negativo (CN) 2.600 kcal kg-1 EM, 16,7% PB e 0,26% P disponível; Controle Positivo + 350 g tonelada-1 do complexo enzimático (CP350); Controle Negativo + 250 g tonelada-1 de complexo enzimático (CN250); Controle Negativo + 350 g tonelada-1 de complexo enzimático (CN350) e; Controle Negativo + 500 g tonelada-1 do complexo enzimático (CN500). As variáveis analisadas de desempenho zootécnico foram: consumo de ração/ave/dia, produção de ovos/ave/dia, peso médio do ovo e conversão alimentar por massa de ovos. As variáveis de qualidade interna e externa dos ovos foram: espessura da casca, porcentagens de casca, albúmen e gema, Unidade Haugh e gravidade específica. A inclusão do complexo multienzimático não interferiu nos resultados de importância zootécnica nem na qualidade dos ovos de poedeiras com idade entre 29 a 44 semanas de vida. O aumento no consumo de ração/ave/dia foi suficiente para suprir os níveis nutricionais reduzidos das dietas CN e manter em equilíbrio os resultados para o restante das variáveis. Para algumas variáveis de desempenho zootécnico, em alguns momentos, foi possível observar a influência negativa da inclusão de altos níveis do complexo multienzimático.

Palavras-chave


Avicultura de postura, Protease, Xilanase, Fitase, Qualidade do ovo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/223811711612017061

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171