Controle de plantas daninhas e aspectos produtivos de morangueiro sob diferentes coberturas do solo

Jeferson Tonin, José Tobias Marks Machado, Lisiane Sobucki, Jorge Atilio Benati, Bruna Rohrig, Evandro Pedro Schneider

Resumo


Este trabalho teve o objetivo de avaliar a produtividade do morangueiro em função de diferentes coberturas de solo e a efetividade destas sobre o controle de plantas daninhas, em sistema orgânico de produção. O experimento foi conduzido em área da Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS, Campus Cerro Largo. Utilizou-se delineamento de blocos ao acaso com seis blocos. Cada parcela foi constituída por dez plantas da cultivar Aromas, dispostas em quatro linhas intercaladas, distanciadas em 0,30 metros. Os tratamentos utilizados foram plantas inteiras de Capim Sudão (Sorghum sudanense), maravalha, acícula de pinus (Pinus elliottii), polietileno preto e solo descoberto. Para a determinação dos aspectos produtivos foram avaliadas a produtividade em massa, o número e o tamanho dos pseudofrutos. A efetividade de controle das plantas daninhas pelas diferentes coberturas foi determinada através da massa seca das plantas coletadas mensalmente. Com exceção da cobertura com Capim Sudão, todos os demais tratamentos se equiparam, estatisticamente, nos aspectos produtivos. A cobertura com polietileno preto apresentou maior controle sobre plantas daninhas.

Palavras-chave


Fragaria X ananassa, Mulching, Produção de base ecológica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/223811711612017048

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171