Propriedades físicas do solo em sistema de integração lavoura-pecuária em Cambissolo Húmico

Diego Bortolini, Jackson Adriano Albuquerque, Cléber Rech, Álvaro Luiz Mafra, Henrique Mendonça Nunes Ribeiro Filho, Patrícia Pértile

Resumo


Em sistema de integração lavoura-pecuária associado ao sistema de semeadura direta, a ação do pisoteio animal pode influenciar as propriedades físicas do solo, dependendo da intensidade de pastejo e da carga animal. O presente trabalho objetivou avaliar as propriedades físicas de um Cambissolo Húmico, sob sistema de integração lavoura-pecuária submetido a diferentes intensidades de pastejo de gado leiteiro, no município de Lages, SC. Os tratamentos foram constituídos por pastejo direto de gado em três disponibilidades de forragem do consórcio de aveia e azevém (baixa, média e alta) e uma testemunha, sem pastejo. Foram avaliados densidade, propriedades hidráulicas, teor de matéria orgânica, agregação e resistência à penetração do solo. De maneira geral, o pisoteio animal não influenciou significativamente as propriedades físicas, a dinâmica da água e os teores de matéria orgânica do solo. As condições de macroporosidade, bem como a resistência à penetração, principalmente em condição de baixa umidade, demonstram que o Cambissolo Húmico de textura franco argilo siltosa possui restrições físicas ao desenvolvimento das plantas.

Palavras-chave


Sistema de semeadura direta, manejo do solo, cobertura do solo, matéria orgânica do solo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/223811711512016060

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171