RELATÓRIO DE INSPEÇÃO FEDERAL DO CURSO SECUNDÁRIO DO GINÁSIO TEUTO-FARROUPILHA EM PORTO ALEGRE/RS (1937-1942)

Tatiane de Freitas Ermel, Priscila Baum Fay

Resumo


O estudo analisa a documentação preliminar (1937) e o Relatório de Inspeção Federal (1942) para a equiparação do Ginásio Teuto-Farroupilha com o Colégio Pedro II, durante o processo de nacionalização do ensino. O encontro com essa documentação foi possível a partir da preservação e, posteriormente, da organização do acervo do Memorial do Colégio Farroupilha, instituição fundada pela Associação Beneficente e Educacional (ABE) para a educação dos filhos de imigrantes alemães em Porto Alegre, a partir de 1886. A documentação é minuciosa quanto ao histórico da Associação mantenedora e do Ginásio, as matrículas, o regimento, organização e disciplina escolar, os pátios, recreios, espaço escolar, material didático, arquivo, professores e diretor. São anexadas cópias de documentos relativos à nacionalidade, provas de competência e atestado de conduta moral dos professores e do diretor. Consideramos que o estudo permite adentrar nas relações entre a instituição e o governo de Getulio Vargas, destacando o empenho do Ginásio Teuto-Farroupilha em continuar suas atividades mesmo que sob controle do Estado Novo. Também, verificamos as tentativas da instituição em comprovar a sua não vinculação com a cultura alemã e as práticas do nazismo, inclusive com a alteração do nome. 

Palavras-chaves: ensino secundário; inspeção; nacionalização; fotografias; espaço escolar

 

 

 


Texto completo:

PDF