Dossiê n. 3

Dossiê “novas perspectivas de aprendizagem”:

 

A escola, como a vida, só é possível se constantemente reinventada. Com os aportes tecnológicos da contemporaneidade, mudaram-se os comportamentos dos agentes da Educação, em todos os níveis, e do próprio espaço e tempo escolares. Com isso, os educadores/as reinventam suas práticas, sempre com o intento de estimular a reflexão, a autonomia e a criatividade dos educandos/as,tornando o ambiente escolar bastante propício para trocas significativas que vão além dos conteúdos e que desencadeiam, por isso mesmo, mecanismos de (auto-)descoberta, de gosto pela particularidade de determinados estudos e também do estabelecimento de correlações entre assuntos específicos com um todo maior que diz respeito à área de formação e à área de trabalho deles/as. Assim, é mister reconhecer a necessidade de incentivar, dar vez e voz a ações pedagógicas que ultrapassam os modelos de práticas consolidadas historicamente e que conseguem garantir ao alunado não apenas uma aprendizagem momentânea, mas sua continuidade nas relações que dela emergem para um conhecimento maior e mais aprofundado de seu campo de formação e atuação. É nessa perspectiva, pois, que a Revista de Ensino em Arte, Moda e Design se lança ao desafio de criar o dossiê “novas perspectivas de aprendizagem”. Sua proposta gira em torno de como os professores/as estão reconstruindo suas práticas e metodologias de trabalho em sala de aula, além de serem apresentados e discutidos os resultados que as novas estratégias de ensino utilizadas aportam à formação dos educandos/as, refletindo nos modos de eles/as aprenderem e estarem se preparando constantemente para o mundo do trabalho e da formação intelectual.