Movimento (Re)existência: poéticas de conscientização

Ursula Rosa da Silva, Nadia da Cruz Senna, Ana Cláudia Safons Soares

Resumo


O texto trata de ações desenvolvidas junto ao Movimento (Re)Existência, que ocorreu na Universidade Federal de Pelotas – UFPEL, no período de outubro a dezembro de 2016, como forma de oposição às alterações das políticas educacionais impetradas pelo governo federal, através da Lei nº 13.415 de 16 de fevereiro de 2.017 (ex-Medida Provisória 746/16). Alterações essas que interferiram no processo de humanização dos sujeitos e sua relação com a educação do sensível, dentro e fora do ambiente escolar. As considerações e a avaliação realizada realçam as lutas históricas em prol da manutenção do ensino da arte em todos os níveis de formação, no cenário nacional e local. O viés segue a dimensão micropolítica das práticas cotidianas, enfatizando o papel da arte e dos artistas como agentes políticos de transformação.

Texto completo:

PDF

Referências


ARROYO. Miguel G. Ofício de Mestre: imagens e auto-imagens. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

BAUDELAIRE, Charles. Sobre a Modernidade: o pintor da vida moderna. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

BARBOSA, Ana Mae. Arte-Educação no Brasil. São Paulo: Perspectiva, 2002.

BARBOSA, Ana Mae; COUTINHO, Rejane Galvão. Arte/Educação como mediação cultural e social. São Paulo: Editora da UNESP, 2009.

CANTON, Kátia. Da política às micropolíticas. Editora Martins Fontes, 2011.

D´OLIVEIRA. Auta Inês Medeiros Lucas. Nas Águas da AGA – Reflexões sobre a Associação Gaúcha de Arte-Educação e seus Reflexos na História do Ensino da Arte no RS. Dissertação. Pós-Graduação em Artes Visuais. Pelotas: UFPel, 2014.

GUATTARI, Félix. As Três Ecologias. Campinas, SP: Papirus, 2015.

________ e ROLNIK, Suely. Micropolítica: Cartografias do Desejo. Petrópolis, RJ: Editora Vozes (2005).

HERNÁNDEZ, Fernando. A Construção da Subjetividade Docente como Base para uma Proposta de Formação Inicial de Professores de Artes Visuais, In: OLIVEIRA, Marina Oliveira; HERNÁNDEZ, Fernando (orgs.) A Formação do Professor e o Ensino das Artes Visuais. Santa Maria: Ed.da UFSM, 2015.

LARROSA, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber da experiência. Revista Brasileira de Educação, jan/fev/mar/abr, 2002.

LARROSA, Jorge et al. Habitantes de Babel – Políticas y Poéticas de La Diferencia. Barcelona: Laertes, S.A. de Ediciones, 2000.

MARTINS, Mirian Celeste; PICOSQUE, Gisa. Mediação Cultural para professores andarilhos na cultura. São Paulo: Intermeios, 2012.

MEIRA, Marly Ribeiro. Cartografia das Mutações em Arte-Educação no RS últimas décadas. In: SILVA, Ursula R.da Silva; SENNA, Nádia da Cruz; MEIRA, Mirela R. (orgs) Memórias e Perspectivas da Arte/Educação no RS. Pelotas: Ed. Da UFPel, 2016.

OLIVEIRA, Marilda Oliveira de; HERNÁNDEZ, Fernando (orgs.) A Formação do Professor e o Ensino das Artes Visuais. Santa Maria: Ed da UFSM, 2015.

PAGLIA, Camile. Imagens Cintilantes Uma Viagem Através da Arte Desde o Egito a Star Wars. Editora Apicure, 2010.

RICHTER, Ivone Mendes. Arte/Educação: Memórias e Perspectivas Contemporâneas FAEB e ANPAP, In: SILVA, Ursula R.da Silva; SENNA, Nádia da Cruz; MEIRA, Mirela R. (orgs) Memórias e Perspectivas da Arte/Educação no RS. Pelotas: Ed. Da UFPel, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.5965/2447126733201756

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista do Grupo de Estudos Estúdio de Pintura Apotheke do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina.

ISSN: 2447-1267

Revista Apotheke é B4 em Artes no Qualis CAPES

 

 

revistaapotheke@gmail.com